Ir para o conteúdo
    <li class="asset_articles"><a href="/search/assets?asset=articles"><span class="icon-menu-articles"></span><strong>Artigos</strong></a></li> <li class="asset_people"><a href="/search/assets?asset=people"><span class="icon-menu-people"></span><strong>Pessoas</strong></a></li> <li class="asset_communities"><a href="/search/assets?asset=communities"><span class="icon-menu-community"></span><strong>Comunidades</strong></a></li>
ou

Thin logo

Tela cheia

Porque fazer Compiladores?

19 de Setembro de 2013, 13:35 , por Sérgio Antônio Andrade de Freitas - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1134 vezes

Taí uma boa pergunta.

Como (suposto) professor da disciplina estive pensando (pois é, professor pensa) e cheguei as seguintes justificativas:

  1. Um compilador é a materialização primária de um computador: transforma (processa) uma informação A transformando-a em outra informação B. Oxalá B possa ser entendida :-).
    Nota: Quem não entendeu a frase acima, faça a disciplina de "Fundamentos de Arquitetura de Computadores" (também comigo) que ai vai entender.
  2. Em seu modo mais resumido, um compilador transforma (ou traduz) uma linguagem "L" numa linguagem "M". Isto é muito útil para fazer um programa de computador, onde sempre temos um código base que deve ser transformado em um código destino. Exemplos:
    - Ctrl+C na página Web (texto com formatação) e Ctrl+V no trabalho da disciplina (texto com formatação distinta). 
    -  Compilar o seu programa .java num .class, etc.
  3. ??? Que mais, estou pensando. 
Esteja a vontade para enviar seus comentários e justificativas.
Inté,
Sérgio

Tags deste artigo: compiladores

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.