Ir para o conteúdo
ou

Tela cheia

Projetos

6 de Agosto de 2013, 14:59 , por Administrador - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 287 vezes
Licenciado sob CC (by)

BRICS Remote Sensing Satellite Constellation

Descrição: Avaliar o estado da arte da infraestrutura de solo de cada pais membro, bem como a necessidade de atualização das mesmas na operacionalização da constelação. Avaliar as interfaces de recebimento, armazenagem, processamento e distribuição de dados entre os membros. Identificar aplicações comuns de fácil implementação entre os membros. Implementar o processo de calibração cruzada. Conhecer as expectativa acadêmica com relação aos dados da constelação e discussões sobre proposta de aplicações inovadoras (Em andamento).

 

SHSTAE: Southern Hemisphere Space Technology Application and Education

Descrição: Apresentar os programas de tecnologias de aplicações espaciais da UNOOSA. Apresentar o estado da arte e futuros desenvolvimentos na área educacional e de aplicações para o setor espacial. Estimular a criação de disciplinas com foco nas aplicações espaciais. Propor plataformas para despertar, na juventude, vocações para o setor espacial. Propor mecanismos eficazes para se consolidar alianças, locais e regionais, entre as diversas partes interessadas (centros regionais, universidades, institutos de pesquisa e agências espaciais). Realizar dois seminários para alunos do curso de engenharia aeroespacial da UnB e de áreas afins nos temas, navegação global e sensoriamento remoto (Em andamento).

 

PISAC: Parque de Inovação e Sustentabilidade do Ambiente Construído.

Descrição: PISAC (Parque de Inovação e Sustentabilidade do Ambiente Construído) é um centro de P&D para o desenvolvimento, teste, demonstração, disseminação e difusão de soluções tecnológicas sustentáveis para processos e produtos do ambiente construído. Trata-se da implantação, na região centro-oeste, de um centro de referência que trabalhará em rede, como catalisador de capacidades técnicas consolidadas no país e internacionalmente, visando pesquisa e desenvolvimento com foco no ambiente construído. O PISAC resulta da parceria entre agentes públicos e privados do Brasil e do Reino Unido, que envolve o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI); a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC); o Building Research Establishment (BRE); a Universidade de Brasília (UnB), através do Laboratório do Ambiente Construído, Inclusão e Sustentabilidade (LACIS); e o Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia. A missão do PISAC consiste em fomentar inovações tecnológicas, de alto desempenho, baixo custo e sustentáveis, atendendo a atual e future demanda da Cadeia Produtiva da Indústria da Construção (CPIC). O principal objetivo do PISAC é a implantação de um centro de referência com trabalho organizado em rede de agentes e que funcionará como um catalisador da capacidade técnica consolidada no país e internacionalmente, com vista a acelerar o processo de inovação da CPIC (2012 – Atual).

 

PREFER: Space-based Information Support for Prevention and Recovery of Forest Fires Emergency in the Mediterranean Area.

Descrição: The main objective of PREFER is to set up a space-based end-to-end information services to support prevention/preparedness and recovery phases of the Forest Fires emergency cycle in the EU Mediterranean Region. The PREFER Service portfolio consists of two main services: Information Support to Preparedness/Prevention Phase (ISP) Service Information Support to Recovery/Reconstruction Phase (ISR) Service The PREFER consortium has the ambitious objective to start up the formation of a cluster of research institutes, industries and SMEs focused on the provision of space-based information services and products in support to Forest fires emergency management in the Mediterranean Area (2012 – 2015).

 

OSDV: Oil Spill Detection in Venezuela

Descrição: Um projeto dedicado à implementação de um sistema para a detecção de derramamentos de petróleo nos centros operacionais da PDVSA, através de dados de Sensoriamento Remoto (2013).